Dezessete

Lembro que era quase meia-noite, e que até o último minuto daquele dia eu ainda teria dezessete anos e seria lembrado por todos como o “tímido Arthur”. Meus amigos queriam comemorar com antecedência, mas recusei, apenas aceitei sair para beber um pouco como uma deixa depois da escola.

Naquela noite, peguei escondido o carro dos meus pais e fui aos poucos pegando cada um dos meus quatro amigos – Alice, Diogo, Marília e Leonardo -, todos já pareciam bêbados, menos eu. Nos últimos meses tudo havia dado errado, mas tentei relevar, só não aceitava ter perdido a garota que mais amava para um riquinho que morava do outro lado da cidade.

Não sabíamos ao certo para onde ir, Diogo teve a idéia de irmos para a fazenda de seu pai, ficava apenas a alguns quilômetros da cidade onde morávamos. Passamos em uma conveniência e compramos algumas bebidas, Alice tinha conseguido algumas pílulas – sim, drogas – em algum lugar com seus amigos que chamávamos de “sinistros”, e realmente eram sinistros.

Completei o tanque de gasolina e pegamos estrada, estavam todos extremamente bêbados e drogados, tentei me manter sóbrio por estar dirigindo, mas era semi-impossível. A estrada era muito escura com curvas perigosas, tentei ser cauteloso, mas no momento em que desviei a atenção para dar um gole na tequila apenas vi um farol forte de caminhão, o som berrante de uma buzina e o grito de desespero de Marília.

Agora estamos aqui, sentados em uma espécie de montanha sem dizer nada um para o outro, Leo foi o único que se atreveu a perguntar se estávamos vivos, mas não, estávamos todos mortos em um local desconhecido e deslumbrantemente lindo.

O que lhe contei foi o que consegui lembrar, não sei se a morte é assim, mas comigo e meus amigos está sendo. Uma pena, não tive a oportunidade de completar dezoito anos a tempo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s